EM CASA

2011

 
 

EM CASA

(RJ, 2005, cor, MiniDV, 78′)


 
 

SINOPSE: Depois de dez anos, volto à casa. O que há da casa? O que há de mim? O que há de mim em casa? O que há da casa em mim?

FICHA TÉCNICA: Realização: Marcelo Ikeda. Edição de Som: Yuri Apoena.

 

DECLARAÇÃO DO DIRETOR: EM CASA inicia uma trilogia de diários de viagem em longa duração, sucedido por Desertum e Êxodo. Volto para a casa dos meus pais, onde nasci, após dez anos fora. O que há de mim nos cômodos dessa casa, em cada canto? Quais são os rastros de mim? Essa busca por uma origem é feita sem psicologia, mas através de um cinema materialista, com planos de câmera parada e de longa duração. De uma certa forma, Em Casa é um prolongamento das pesquisas de Entremeio, mas aqui o rigor da estrutura que decompõe a casa em cômodos ligeiramente se abre à medida que o filme segue adiante, avançando para os arredores da casa, e culminando num plano-síntese, o plano final.

 
 

TEXTOS SOBRE O FILME:

Em Casa – Luiz Rosemberg Filho

Em Casa – r. cavalo

Diversões (?) solitárias de Marcelo Ikeda – Carlos Alberto Mattos

 
 



 
 

Anúncios