Bio

Marcelo Ikeda


MARCELO IKEDA trabalha no cinema como realizador, curador, crítico e professor. Doutor em Comunicação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) com estágio-doutoral na Universidade de Reading (Inglaterra). Como realizador, realiza curtas-metragens desde 1999, entre os quais estão “Depois da noite”, “Auto-retrato de um artista durante a gestação”, “É hoje”, “Eu te amo”, “Carta de um jovem suicida”, entre outros. Seus curtas mais recentes são “O homem que virou armário” (2015), “O brado retumbante” (2017) e “Impávido colosso” (2018), os dois últimos em parceria com Fábio Rogério. Realizou o longa-metragem “Entre mim e eles” (2013), sobre o processo de filmagem de “Os monstros”, do Coletivo Alumbramento (CE). Desenvolve também diários e cartas audiovisuais, disponíveis em www.cartasdoceara.com.br . Como crítico de cinema, escreveu em diversos sites na internet, e desde 2004 escreve em seu blog pessoal, Cinecasulofilia. É membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema) e membro-fundador da Accecine (Associação Cearense de Críticos de Cinema). Como curador, trabalhou em diversas edições da Mostra do Filme Livre, desde sua criação, além de outros eventos como o Festival de Brasília (2014), Circuito Penedo de Cinema (2016), Mostra de Cinema de Gostoso/RN (2015). Organizou mostras de cinema, como a Mostra Cinema de Garagem (Caixa Cultural RJ 2012, Dragão do Mar CE 2014, Centro Cultural da Justiça Federal RJ 2014), a Mostra Cine Nordeste (Caixa Cultural CE 2017), além dos cineclubes Cine Caolho (2013/14) e Cine Rebuceteio (2017). Autor dos livros “Cinema de garagem” (com Dellani Lima, 2011), “Lei da Ancine comentada” (2012), “Leis de incentivo para o audiovisual” (2013), “Cinecasulofilia” (2014), “Cinema brasileiro a partir da retomada: aspectos econômicos e políticos” (2015), “Fissuras e fronteiras: o Coletivo Alumbramento e o cinema contemporâneo brasileiro” (2019) e “O cinema independente brasileiro contemporâneo em 50 filmes” (2020). Trabalhou na Agência Nacional do Cinema (Ancine) entre 2002 e 2010, exercendo várias funções, como Assessor da Diretoria e Coordenador das Superintendências de Desenvolvimento Financeiro (SDF) e de Acompanhamento de Mercado (SAM). Em 2010, mudou-se para Fortaleza, onde atualmente é professor do curso de graduação em Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Ceará (UFC). Sua dissertação de mestrado em Comunicação na Universidade Federal Fluminense (UFF) recebeu o Prêmio da Secretaria da Economia Criativa, do Ministério da Cultura, em 2013. Foi Coordenador Pedagógico da Escola de Audiovisual da Vila das Artes, em Fortaleza (2011). Coordenou um dos capítulos da Cartografia do Audiovisual Cearense (2012). Foi presidente da Câmara Setorial do Audiovisual Cearense (CSA/CE) em 2015/2016. Organizou o curso “Economia e Mercado do Cinema e do Audiovisual”, realizado em Fortaleza (2015) e em Recife (2018). Integrou a comissão de diversos editais públicos de seleção de projetos audiovisuais, como os de Pernambuco, Ceará (Edital Mecenas), Fortaleza, Espírito Santo, Brasília, Paraíba, Natal, Santa Catarina, Rio de Janeiro (RioFilme), além de editais da Secretaria do Audiovisual (SAv/MinC) e da Ancine, e também de júris de festivais de cinema (Tiradentes, Istambul, Cine Ceará, Panorama/BA, Fluxus, FICA/GO, Cachoeira.doc, etc.). Publicou textos em diversos capítulos de livros e artigos publicados em periódicos acadêmicos, além de revistas e jornais.  Contato: marcelogilikeda@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: